A importância do Cerrado para a saúde do Brasil

Cerrado para saúde do Brasil

por

O Cerrado é um dos principais biomas brasileiros, ocupando 2.036.448 km² do território nacional. E mesmo assim, ainda é um bioma pouco conhecido e valorizado. Até poucas décadas atrás o…

O Cerrado é um dos principais biomas brasileiros, ocupando 2.036.448 km² do território nacional. E mesmo assim, ainda é um bioma pouco conhecido e valorizado. Até poucas décadas atrás o Cerrado era considerado de pouca beleza e utilidade, o que acabou contribuindo com sua rápida destruição. 

Apesar disso, hoje temos conhecimento de sua tamanha importância. Atualmente sua aparência é considerada de rara beleza. Um verdadeiro mosaico de vegetação e rios com belíssimas cachoeiras, sem contar a imensa variedade de animais. Em sua flora possui plantas que produzem frutos de sabor peculiar, como o pequi, e outras tantas consideradas até mesmo medicinais. 

Não apenas, o Cerrado também é responsável pelo fornecimento de água, seja por suas águas subterrâneas ou pelas nascentes de diversos rios que contribuem para importantes bacias hidrográficas do país. 

A importância do Cerrado para a saúde do Brasil


Fonte: WWF-Brasil

Apesar de ter mais ou menos a metade do tamanho da Amazônia, o Cerrado é composto por quase o mesmo número de regiões ecológicas. Sua diversidade de ambientes está relacionada aos diversos mosaicos de vegetação e sua localização central, que permite o contato com outros quatro biomas brasileiros. 

Essas áreas de contato são chamadas zonas de transição, nas quais os biomas adjacentes compartilham espécies e, geralmente, apresentam maior biodiversidade. 

Diversidade de Fauna e Flora


Fonte: WWF-Brasil

A fauna do Cerrado é riquíssima. Vale ressaltar que, apenas entre os vertebrados, há mais de 800 espécies de aves e 1.200 peixes. Além disso, também podemos contabilizar 17% e 28% de endemismo na fauna de répteis e anfíbios, respectivamente. Não apenas, se a fauna de vertebrados ainda é pouco conhecida, a de invertebrados é ainda menos. Algumas estimativas apontam que existem cerca de 90 mil espécies de invertebrados no Cerrado. 

E tem mais, alguns estudos estimam que o Cerrado seja responsável por abrigar 13% das borboletas, 35% das abelhas e 23% dos cupins de toda a Região Neotropical. 

A flora não fica para trás, já que o Cerrado é considerado uma das savanas de maior biodiversidade do planeta. Aqui existem mais de 7 mil espécies de plantas vasculares. Também já sabe-se que mais de 700 de suas espécies vegetais apresentam potencial de uso para a nossa sociedade. 

Não apenas, cerca de 900 espécies de fungos já são conhecidos. E mais, pesquisadores acreditam que possam existir mais de 38 mil espécies no Cerrado. 

Fornecimento de água de qualidade


Fonte: WWF-Brasil

O Cerrado possui uma importância imensa para todo o país, incluindo o equilíbrio hidrológico. Isso acontece porque, apesar do clima semiárido e ambiente com períodos de deficiência hídrica, as águas das chuvas penetram no solo e abastecem aquíferos e nascentes. 

Dessa forma, o solo da região é rico em água e, por vezes, chega a ser comparado a uma “caixa d’água” para todo o continente.  Nele há grandes reservatórios subterrâneos, dos quais se destaca parte do Aqüífero Guarani.

Este bioma também é responsável por fornecer água para diversas regiões do país, porque é nele que nascem rios de diferentes bacias hidrográficas.  A água é um importante e valioso recurso natural do Cerrado e, dentre suas valiosas funções ambientais, destacam-se a manutenção do suprimento e a qualidade de água, serviços de extrema importância econômica e social.

Sabendo de tudo isso, é praticamente impossível não se preocupar com a preservação de uma área tão bela, rica e importante para todos nós. E é com muito orgulho que a Geolab está presente nesta área, sempre cuidando do meio ambiente através do nosso projeto Futuro Sustentável!

Gostou deste conteúdo? Confira outras notícias no nosso blog!




Compartilhe: