Genéricos

albendazol

Anti-helmíntico Medicamento genérico, Lei n° 9.787 de 1999. M.S. nº 1.5423.0276

Anti-helmíntico

Medicamento genérico, Lei n° 9.787 de 1999. M.S. nº 1.5423.0276

Indicações:

O albendazol é usado para tratar uma grande variedade de condições causadas por vermes ou parasitas. Estudos mostram que o albendazol é eficaz no tratamento de infecções por Ascaris lumbricoides, Enterobius vermicularis, Necator americanus, Ancylostoma duodenale, Trichuris trichiura, Strongyloides stercoralis, Taenia spp. e Hymenolepis nana; de opistorquíase (Opisthorchis viverrini) e larva migrans cutânea; e de giardíase (Giardia lamblia, G. duodenalis, G. intestinalis) em crianças.

 

 

Apresentação:

400mg – cx. c/ 01 cpr. mastigável.

400mg – cx. c/ 03 cprs. mastigáveis.

Caixa de embarque:

cx. padrão 60 und.

Prescrição Médica -Sim

Contraindicações:

Não use o albendazol se: – você for hipersensível (alérgico) ao albendazol, a medicamentos similares ao albendazol (como mebendazol e tiabendazol) ou a qualquer outro componente da fórmula; – você está grávida, suspeita de gravidez ou planeja engravidar. Cuidados e advertências: Avise seu médico antes de começar a usar este medicamento:  – se você planeja ficar grávida, está grávida ou desconfia estar grávida;  – se você está amamentando. O tratamento com albendazol pode revelar casos de neurocisticercose pré-existentes (infecção de sistema nervoso central causada pela ingestão da larva de Taenia spp que se caracteriza pela presença de lesões intracerebrais calcificadas), principalmente em áreas de alta incidência de teníase. Caso você apresente convulsão ou outros sintomas neurológicos quando estiver usando o medicamento, nesse caso, a terapia com esteroides e anticonvulsivantes deve ser iniciada imediatamente, procure seu médico.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA.